itsatrap

Viagens do JavaScript: Comparativos de Igualdade

Fala Pessoal, Mais um da série de viagens do JS… Bom, antes de começar, quero dar uma tranquilizada na rapaziada, até inspirado no pertinente comentário do Herick hehe… Rapaziada, o JS tem coisas que nem chessus entende, mas, é uma linguagem muito poderosa! Tanto que a linguagem vem crescendo muito, sendo hoje, segundo a spectrum da IEEE, a

Read More

maxresdefault

Viagens do Javascript: Zoando com operadores de comparação aritméticos

Fala Pessoal, Da série “inutulidades pra contar pra rapaziada do serviço”, vou demonstrar uma situação que o Kono trouxe, e acabamos extrapolando de maneira bem comédia, digamos assim. Bom, primeiro, todos conhecemos operadores de comparação aritméticos (maior, menor, …), ok? Bacana… O código abaixo começa estranho, já que vou criar 2 objetos, e usar esses operadores

Read More

escher
malandro malandragem lapa carioca rio de janeiro estilo de vida ze pilintra Artur Moritz RJ  Ze Carioca artur moritz

O Eleitor Mulher de Malandro

Do Dicionário Informal: Mulher que sofre fisicamente ou moralmente e não aprende. Bom, e como todo bordão, pra que essa expressão tenha se consolidado, foi tida como verdade repetidas e repetidas vezes. E acho que esse é bem por ai como nós os eleitores. Desconfio que simplesmente, não há aprendizado. Só candidatos para Goiás: Governador:

Read More

From-Mentor-to-Mindguide
modern-times2

A Sprint e o Futuro da Aplicação

Antes de mais nada: É importante ressaltar que não sou expert em Scrum e suas (prováveis e diversas) formas de aplicação. Exponho esses pensamentos, primordialmente, como reflexões da forma como já interagi com a ferramenta, e suas características. O Problema: Acredito que assim como em muitas da empresas que trabalhem com Tecnologia, o Scrum é

Read More

515385200_emQh3-XL-1

Controlando a criatividade

Trabalho com desenvolvimento de software, e essas dias na empresa, durante um dos inúmeros momentos de planejamento da próxima Sprint, me vejo, novamente, pronto para dar idéias e escrever soluções. Detalhe, é de que, quase como algo mecânico, nem estava mais pensando no global, mas diretamente no código, e como aquilo ia resolver de uma forma

Read More

original